“O perdedor diz; não é impossível, mas, é muito difícil e o ganhador diz; é muito difícil, mas, não é impossível”.

Autor desconhecido.

Como ganhar com a longevidade

Qua, 02 de Maio de 2012 19:41 - Publicado em Dicas

O significado da palavra longevidade é : longa duração da vida. Separando as sílabas de longevidade: lon-ge-vi-da-de.

 

Achei por bem tocar nesse assunto porque, segundo a revista O Planeta Sustentável, os brasileiros ganharam em geral mais dez anos de vida desde 1980. E olha que, em 1960, a expectativa de vida era 54,6 anos! As mulheres vivem bem mais: em 2008, a média para as mulheres era de 76,8 anos, contra 69,3 para os homens.

Três dicas para não estressar

Qua, 30 de Novembro de 2011 01:30 - Publicado em Dicas

Todos nós nascemos com o direito de ser feliz, porém, muitos entregam esse direito de berço ao governo, ao dinheiro, ao namorado, à amante, ao padre ou ao patrão e, até mesmo, ao ladrão.

Diariamente deparamos com atos e fatos  gritantes informados pela mídia,  e se nos deixarmos levar pelo monte de atrocidades divulgadas o nosso estado emocional pode nos levar eventualmente à depressão aguda. Atenção para a tensão!

Anote a solução: temos o poder de escolha para usar a qualquer momento que desejarmos. E porque será que a maioria das pessoas ditas normais não escolhe uma vida mais feliz para si? Falta de treino.

A influência da religião na nossa vida espiritual

Sex, 16 de Setembro de 2011 01:50 - Publicado em Educação Emocional

A maioria das religiões tem a estrutura hierárquica de um líder seguido por associados ou ajudantes. Nesta estrutura, supomos seguir o líder e acreditar no que ele diz sem questionamentos. As pessoas devem seguir as regras.

De um modo geral, pessoas seguirão a opinião e as ações de um líder mais facilmente, porque suas mentes foram programadas para seguir pais, professores etc. Isto é bem recebido pela maioria dos seres humanos, por causa da estrutura de nossa educação. É também mais fácil seguir a multidão do que pensar por si mesmo. Quando decidimos questionar nossa existência, perguntando “De onde viemos? O que estamos fazendo aqui? Qual é nossa missão neste planeta?”, começamos a viver individualmente, e, portanto, tendo a possibilidade de liderar e influenciar pessoas. Vemos, sentimos ou ouvimos nossos instintos e os sinais universais de nossa própria verdade. Ou seja, agarramo-nos ao nosso plano existencial original, tomando a responsabilidade sobre o que aprendemos, e eventualmente fornecendo ajuda na evolução de outros seres humanos.